Reflexões 


Não preciso fechar o olho pra saber quem sou, nem ao menos olhar no espelho para ficar claro, basta apenas reconhecer quem sou, pra trazer à tona tudo que eu preciso saber sobre mim mesmo. 

Não sou perfeito, aliás, estou longe de ser isso. Bem que eu queria ter essa virtude, mas já me conformei que nunca vou conseguir tamanho feito. Porque eu sou assim, errante, errando e aprendendo. 

Choro quando sinto dor, quando fico triste, mas choro de rir de também. Grito quando estou nervoso, mas grito quando preciso de força. Fecho a cara quando algo me chateia, mas fecho a cara quando preciso encarar um desafio. Dou risada das piadas que ouço, mas dou risadas e sorrisos amarelos de atitudes sem graça. 

Sou assim, sou humano, sou imperfeito, incompleto. Travo lutas todos os dias e nem todas eu ganho, supero limites que antes nunca pensei conseguir, quebro tabus maiores que eu, escalo montanhas que eu mesmo construi, almejo vitórias que nunca pensei, sofro as derrotas que eu mesmo desisti. 

Estendo o braço pra levantar alguém, protejo aqueles que amo, mas também sou incapaz de superar ou atender às expectativas que tenham de mim… Porque tenho que lutar pra amar? Porque discutir sobre que eu quero fazer? Porque brigar pelo que se é? 

O mundo gira, o tempo não volta e não posso me esquecer disso. Alguns se afastaram, outros se aproximaram e outros continuam indiferentes, mas eu continuo aqui, caminhando na esperança de chegar a um lugar melhor. 

Acácio Rodrigues

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s