Um cara chamado Daniel

 
Hoje conheci o Daniel, estava descendo as escadas do metrô para voltar pra casa e me deparei com ele. Com muita dificuldade de entendê-lo, mas insisti, ele queria comer. 
Fomos então até um bar, com dificuldade de subir as escadas por conta de uma deficiência ele persistiu e conseguimos chegar no local. Ele é mais um jovem que saiu de casa por problemas familiares, não conheceu sua mãe e foi criado pelos tios. Paguei o lanche e ele me agradeceu. 

No fim desejei sorte pra ele no caminho que está trilhando e falei de Jesus pra ele. Não, não preguei religião, falei do cara que salvou minha vida e que pode salvar a dele também. Ele me agradeceu mais uma vez, me deu um aperto de mão e segui viagem…

Eu sei que na sua cabeça pode passar milhares de coisas… Que o cara é um vagabundo, saiu de casa porque quis, podia buscar ajuda, tem que trabalhar e outras mais… De fato, existem muitas possibilidades e realmente não posso confirmar se a história que ele contou é verdade ou não, mas uma coisa eu posso garantir, eu fiz a minha parte. 

Você acha mesmo que se você passasse por uma situação seja ela qual for, estando errado ou não, as pessoas acreditariam em você e te ajudariam? Cheirando mal, com roupas sujas? Em um situação precária? 

Na parte B do versículo 39 do capítulo 22 de Mateus diz que devemos amar o próximo como a nós mesmos. Você só pode dar aquilo que tem, se não tem amor dentro de você, como espera dar ao outro? 

Eu não dou dinheiro, mas o que a pessoa precisar eu tenho costume de ajudar, faz parte da nossa postura como cristão, como cidadão, como ser humano. Olhar para o outro e não sentir sua dor, não se importar, não agir, ser omisso, não nos levará a chamada de reforma dos últimos dias. 

Pra finalizar eu te faço um pedido, na próxima vez que você ver uma pessoa que precisa de ajuda, ajude. Faça sua parte, abençoe aquela vida que talvez você não vai ter outra oportunidade de ajudar e falar do evangelho pra ela. 

Vamos parar ser egoístas e hipócritas achando que Deus tem reservado apenas pra você a prosperidade e vida boa. Pode ter certeza que nada disso será válido sem amor e sem poder abençoar outras pessoas. 

Seja a reforma dos últimos dias! 

Acácio Rodrigues

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s