Nem todas as escolhas são suas

escolhas

Não é fácil mensurar aqui o que está em minha cabeça, a sinto como um grande liquidificador que gira sem parar e tudo que cai nela se misturam com mais centenas de milhares de pensamentos. Consegue imaginar isso? Nem queira, é uma loucura que não desejo a ninguém, mas que pode acontecer com qualquer um.

O que quero deixar hoje aqui neste blog para você é como às vezes esperamos coisas tão grandes de Deus! Já viu algum testemunho de pessoas que falam que Deus falou com elas? Mas que não foi aquela convicção interior que temos, nem ao menos o espírito santo, elas dizem que ouviu a voz de Deus, como você ouve qualquer voz hoje.

Sabe, tem momentos da minha vida que fiquei me perguntando o porquê Deus não falava comigo dessa forma. Porque não tinha uma experiência como essa tão sobrenatural e depois escrever um livro e sair pelo mundo falando disso. Não, isso não é uma crítica, Deus pode fazer isso sim porque Ele é Deus e pode todas as coisas, mas essa foi a maneira que Deus encontrou de falar com aquela pessoa e acredite, Ele pode falar com você da melhor maneira possível.

Tem sido tempos difíceis pra mim, tempos em que muitas vezes a força acaba, mas sabe que por vezes, mesmo tão fraco Deus fala comigo e o engraçado é que são em detalhes… Uma amiga minha falou por cerca de 10 minutos ontem na igreja sobre escolhas, quem nunca ouviu falar de escolhas? Todo aquele bê-a-bá de que a vida é feita de escolhas e tal, que você já ouviu e se não ouviu vai ouvir um dia. Mas o que me chamou atenção foi que ela falou das escolhas que você não faz, aqueles fatos que acontece na sua vida e que você se pergunta o porquê sabe? Pois bem, aquilo caiu no meu coração na terra mais seca possível e trouxe enfim uma esperança.

As escolhas que fizeram por nós podem ser dolorosas, podem te seguir por toda uma vida, até porque você não vai esquecer o que houve. Quando você fere sua pele, uma cicatriz fica no lugar, a ferida é curada, mas a cicatriz fica, um sinal do que houve com você e que quando te perguntam o que foi aquilo você lembra… Talvez seus pais escolheram se separar, talvez você foi abusado (a), talvez alguém feriu suas emoções, talvez você feriu alguém, talvez seus pais te abandonaram, não sei qual foi a escolha que fizeram por você, que interferiu na sua vida, que faz você pensar por vocês o porque isso aconteceu. Realmente não foi você que escolheu isso, mas eu e você podemos tomar uma decisão, posso escolher uma coisa ainda, posso escolher como vamos reagir com isso.

Posso escolher me entristecer, me enraivecer, me vitimizar, mas posso escolher levantar a cabeça e sair dessa situação. O que passou não pode ser alterado, mas posso escrever um futuro diferente como muitas pessoas escrevem todos os dias. Você pode fazer isso, você e só você pode escolher isso. Não é fácil, por vezes isso pode doer, te machucar, te fazer chorar, mas chorar não faz mal, chore o que for necessário, mas escolha lutar, escolha se levantar, escolha mudar sua realidade.

Essa minha amiga tem feito isso e o exemplo dela, naqueles simples 10 minutos foi o bastante para que eu visse que eu poderia fazer algo ainda por mim e espero que esse texto possa te ajudar a pensar dessa forma também, assim como fez comigo.

Acácio Rodrigues

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s